Defendemos uma intervenção social positiva, centrada nas capacidades e potencialidades de cada pessoa. Lutamos pela igualdade de género e de oportunidades, e pela promoção da mulher.


Missão

A Equipa de Intervenção Social ERGUE-TE é uma Valência da Instituição Particular de Solidariedade Social Fundação Madre Sacramento, pertencente às Irmãs Adoradoras.

Promover a dignificação, o empowerment e a cidadania, pela inserção social e laboral da pessoa – especialmente a Mulher – em contexto de prostituição, promovendo um novo projeto de vida.

População-alvo

Pessoas que se prostituem e exercem esta prática nas ruas, estradas, matas, pensões, apartamentos e bares/casas de alterne; Companheiros(as) e filhos(as) das pessoas que se prostituem, e outros elementos do agregado familiar; Mulheres em situação de vulnerabilidade ou exclusão social.

Visão

Ser uma referência no país na intervenção e na construção de projectos de vida alternativos à prática da prostituição:

Pessoas: disponibilizar intervenções humanizadoras e de qualidade;

Colaboradores: ser parte de uma Equipa onde as pessoas são inspiradas para darem o ser melhor;

Parceiros: incentivar uma rede solidária de parcerias com vista a um crescimento sustentável;

Comunidade: sensibilizar para as causas de natureza social da prostituição e para uma participação ativa da comunidade na sua resolução.

Acreditamos numa intervenção social positiva, centrada nas capacidades e potencialidades de cada pessoa, que promova mudanças estruturais.

Valores

Acolhemos a pessoa e comprometemo-nos no seu processo de mudança, considerando-a protagonista da sua própria história, olhando-a individualmente, respeitando a sua liberdade e promovendo a sua dignidade.

Garantimos a confidencialidade, criando relações de proximidade, dotadas de empatia.

Defendemos os Direitos Humanos presentes na Declaração Universal.

Adotamos critérios de gestão e intervenção técnica de qualidade e rigor.

Promovemos a inclusão pela igualdade de oportunidades entre homens e mulheres.

Desenvolvemos estratégias e ações que contribuam para o empowerment, e que possibilitem a autonomia e o exercício pleno da cidadania.